Com mais uma novidade, a Expoingá deste ano tem o "I Hackathon Inova Agro". Trata-se de um campeonato de informática que visa desenvolver soluções digitais acessíveis para o agronegócio. Os participantes são programadores, desenvolvedores, hackers e inventores.

A maratona é uma parceria da Sociedade Rural de Maringá (SRM), Rural Jovem e UniCesumar, com apoio técnico do Serviço Social Autônomo Brasileiro (Sebrae) e patrocínio do Sistema de Crédito Cooperativo (Sicredi), Cooperativa Agroindustrial de Maringá (Cocamar) e Fomento Paraná.

De acordo com as regras, as equipes terão 22 horas para desenvolver uma ferramenta a partir do tema central: "Inovação no Agronegócio". Este tema será dividido em eixos temáticos, no dia 4 de maio, às 19 horas, no Centro de Eventos Ermelindo Bolfer.

As soluções apresentadas deverão ser originais e desenvolvidas plenamente durante a competição. O resultado será apresentado no dia 5 de maio, às 17 horas.

Em sua primeira edição, o desafio visa fomentar a pesquisa, a experiência tecnológica, inovação e o entretenimento digital. Os ganhadores serão contemplados com prêmios de R$ 4 mil, R$ 2 mil e R$ 1 mil, para o primeiro, segundo e terceiro lugar, respectivamente, além de outros benefícios.

Estão inscritas equipes de três a cinco pessoas, formadas por hackers, programadores, inventores e profissionais que têm afinidade com a tecnologia.


Equipes formadas de três a cinco pessoas terão 22 horas para desenvolver uma ferramenta sobre Agronegócio — ELVIRA ALEGRE

Participe e comente