PASTOR ALEXANDRE FERRAREZI

Ou qual a mulher que, tendo dez dracmas, se perder uma dracma, não acende a candeia, e varre a casa, e busca com diligência até a achar? E achando-a, convoca as amigas e vizinhas, dizendo: Alegrai-vos comigo, porque já achei a dracma perdida. Assim vos digo que há alegria diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende". (Lucas 15.8-10)

A dracma era uma antiga moeda grega de prata que pesava 3,4 gramas. Na época, ela valia o equivalente a uma diária de um trabalhador braçal.

Para a mulher da parábola, essa dracma perdida era muito valiosa. Além do valor monetário, existia o valor sentimental.

Quando ela percebeu a falta da dracma, sentiu uma profunda tristeza que a levou a tomar algumas atitudes: ela acendeu a candeia (iluminou o ambiente), varreu a casa (tirou os móveis do lugar e limpou o ambiente) e buscou com diligência (procurou insistentemente). Ao encontrar a dracma perdida, ela convidou suas amigas e vizinhas para celebrar com ela a alegria da recuperação.

Ainda que aquela moeda valesse pouco aos olhos dos demais, para ela era objeto de amor, preocupação e busca intensa. Deus é representado nesta mulher, que busca a dracma perdida, que representa o pecador. Temos aqui uma revelação do amor de Deus. Para Ele, uma alma vale mais do que o mundo inteiro (Marcos 8.36). Nós, obreiros da seara do Senhor devemos ser representantes e imitadores de Deus. Cada perdido deve ser alvo do nosso amor incondicional. Assim como Jesus, devemos priorizar as pessoas, em detrimento das nossas ocupações, agendas carregadas e compromissos importantes, pois as pessoas são a prioridade de Deus, e foi para isso que Ele nos chamou.

Nos dias em que muitos valores estão se perdendo, como o valor a família, ao respeito, aos idosos, às crianças, ao próximo, aos oprimidos e necessitados, ao próprio Deus, e valores de ordem moral...

A grande questão é, se podemos contar com pessoas, ou eu, ou você, ou como a "mulher" da parábola, com fé e determinação de resgatar 'valores perdidos", pois tal ação exigirá de nós paciência, vontade, se incomodar com a situação, perseverança, trabalho, e principalmente, não desistir até que se encontre!

A importância dos valores humanos. É necessário compreender que atitudes, normas e valores comportam uma dimensão social. Referem-se a princípios assumidos pessoalmente por cada um a partir dos vários sistemas normativos que circulam na sociedade... cada sociedade, cada País é composto de pessoas diferentes entre si.

Segundo o portal da educação, é necessário compreender que atitudes, normas e valores que comportam uma dimensão social. A aprendizagem de valores e atitudes é pouco explorada do ponto de vista pedagógico. Há estudos que apontam a importância da informação como fator de formação e transformação de valores. Conhecer os problemas ambientais e saber da suas consequências desastrosas para a vida humana é importante para promover uma atitude de cuidado e atenção a essas questões, valorizar ações preservacionistas e aquelas que proponham a sua sustentabilidade como princípios para construção de normas que regulamentam as intervenções econômicas.

Cada sociedade, cada país é composto de pessoas diferentes entre si. Não somente são diferentes em função de suas personalidades singulares, como também o são relativamente a categorias ou grupos de pessoas: elas podem ser classificadas por sexo, etnia, classe social, opção política e ideológica, etc. É grande a diversidade das pessoas que compõem a população brasileira: diversas etnias, diversas culturas de origem, profissões, religiões, opiniões.

Não ignorarmos os "valores", podem até estar perdidos como a "Dracma", mas com insistência e amor podemos achar...

Deus abençoe a todos!

Participe e comente