Museus estaduais precisam ser restaurados
Esse dinheiro todo poderia ser investido nos museus estaduais que já existem. Inclusive o da UEM que trata justamente disso. Incrível será a perda de oportunidade de se utilizar a Lei Municipal 904 para se recuperar o Hotel Bandeirantes. Tomara que no final encontrem uma melhor solução que comprar um prédio. Comprar um prédio não é fazer um museu. O museu que se pretende já existe, e está na UEM. O tombamento já tem garantida a preservação do prédio. Concordo que nesse caso é jogar dinheiro fora. Mas como tudo podemos ver o lado bom que será dar um susto no proprietário. Quem sabe ele não encontre uma solução mais inteligente com a prefeitura de Maringá. Vamos deixar o dinheiro do Governo do Estado para o museu da UEM? Fica a dica! "Governo vai transformar Hotel Bandeirantes em museu", página A3, 28/12/2018.
Marcelo Matos, via Facebook

Hotel vira museu 2
Uma cidade sem memória que destrói sua história, uma população que acha que é dinheiro jogado fora investir em museus... afinal temos muitos museus no país (os que sobrevivem ao descaso do povo e do governo). Depois não adianta reclamar de como está!
Brenda Zarelli, via Facebook

Hotel vira museu 3
Acho legal preservar a história. O que não acho correto é o investimento ser bancado com recursos financeiros públicos. Que tal parcerias com empresários?
Edson Luiz Terezan, via Facebook

Política
Como sempre a política brasileira sempre foi e continua sendo símbolo de mentiras e falsidades. O que se concretiza em verdadeira sujeira. Partidos e suas lideranças têm os mesmos objetivos: posições e poder. Com a derrota do PT nas eleições de 2018, suas lideranças disseram em nota que ninguém deste partido seja senadores, deputados ou qualquer integrante foram à posse do presidente eleito Jair Bolsonaro no dia 1º de janeiro. Muito bem, pergunto: terá algum projeto importante que venha de Bolsonaro para a melhora do país e nação que seja apreciado no senado e Câmara dos deputados? Haverá aval da bancada do PT? Infelizmente não. A partir de primeiro de janeiro de 2019 o bloco comunista deste país fará tudo para desmoralizar qualquer projeto importante que vise progresso para a nação e país. Isso jamais será política. Será apenas disputa por liderança, domínio e poder. Esse é o Brasil.
Manoel Bibiano dos Santos

Meninas
Os pais deveriam deixar não só sem celular! Na nossa época o desafio era lavar louça, esfregar a barriga no fogão, no tanque. Por favor, com essa idade podem até não ter o desenvolvimento psicológico construído, mas sabem muito bem o que fazem. Elas deixaram os pais de cabeça quente. E ainda podem dizer que a culpa é dos pais. "Meninas desaparacem para cumprir desafio", página A4, 3/1/2019.
Elisabete B., via Facebook

Gastos
O Brasil está em crise? Vejamos: 223 mil empresas fecharam as portas entre 2015 e 2017. Temos hoje mais de 11 milhões de desempregados; funcionários sem reajustes da inflação; aumento de impostos; uma das maiores cargas tributárias do mundo; uma situação de penúria em todo o país; penúria na saúde, corte de gasto na educação; corte de verbas para investimentos em infraestrutura; falta dinheiro para a conservação de estradas; falta dinheiro para a população pagar as contas; falta dinheiro para o básico em todas as famílias assalariadas do Brasil. O Brasil não está em crise para alguns "iluminados". Vejamos: aumento do judiciário em mais de dezesseis por cento com efeito cascata em todo o país, incidindo sobre salários e benefícios de políticos. Políticos não pagam imposto de renda, não pagam combustíveis nem passagem aérea de primeira classe. Não se incomodam com a conta do seus iPhones; seus almoços em restaurantes chiques são pagos com a cota parlamentar. Só trabalham algumas horas por semana. Então o raciocinio lógico é que temos dois brasis, sendo um que paga imposto e outro vivido por sanguessugas dos impostos pagos por quem trabalha. Esses mesmos políticos falam em desigualdades sociais e pelo visto eles entendem muito bem de desigualdades pois são os primeiros a provocar essa distância de equidade patrocinada pelos mandantes de plantão. Como dizia o ex-presidente americano Ronald Reagan: "Quando uma pessoa ou uma empresa gastam mais do que ganham, elas vão a falência. quando um governo gasta mais do que arrecada ele te manda a conta." "Câmara gastará R$ 19,5 milhões com novos cargos em 2019", odiario.com
Narioflasio de Souza, via odiario.com

Participe e comente