Comunidade cobra medidas sobre a praça Raposo Tavares
Maringá tem um problema e precisa se modernizar. Primeiro foram as escamas de peixe na Avenida Brasil, depois a rodoviária velha, agora esta porcaria de praça que já devia não estar existindo há anos. A praça Raposo Tavares é local de prostituição e comércio de drogas. A praça está como algumas outras que têm que ser extintas para a cidade progredir e não ficar parada. "Raposo Tavares, a Babel de Maringá", página A3, 11/1/2019.
Aparecido Santi, via odiario.com

Raposo Tavares 1
É triste, porque Maringá é uma cidade tão linda, e ali por ser o centro, deveria haver políticas públicas mais eficazes. "Raposo Tavares, a Babel de Maringá", página A3, 11/1/2019.
Cido Oliveira, via Facebook

Raposo Tavares 2
O centro de Maringá tem uma praça que deveria ser linda, arrumada. Mas não é. Dá até medo de passar ali com tantas pessoas com atitudes suspeitas.
Zulmere Leite, via Facebook

Raposo Tavares 3
Solução: fecha a praça. Se cortar a cabeça, o monstro não sobrevive. Constrói o que no lugar? Metade do terreno uma delegacia, na outra metade uma escola profissionalizante. Resolvido.
Gian Marcão, via Facebook

Raposo Tavares 4
Eu acho que o prefeito Ulisses Maia deveria fazer dessa praça um grande estacionamento, bem planejado, não tirando todas as árvores, talvez com um espaço de jardinagem... ficaria bem útil, acabava com essa imagem horrível no centro da nossa cidade!
Daiane Almeida Passos, via Facebook

Raposo Tavares 5
Eu não sei se quem tanto critica não mora aqui há muito tempo ou não tem memória.
Eu tenho 43 anos e essa praça sempre foi assim. Vendedores, rolistas, prostitutas que muitas estão ali há séculos e tráfico sempre teve. Até mesmo quando havia um módulo da polícia instalado na praça. Sempre foi assim e só vai mudar quando for destruída com a reformulação do Novo Centro.
Romilda Maria, via Facebook

Raposo Tavares 6
Hoje estava pensando sobre isso. Moro aqui perto da Avenida Mandacaru e a praça aqui do bairro foi toda reformada, mas as praças do Atacadão e do Centro nada. Sinceramente não entendo.
Jane Audysom, via Facebook

Raposo Tavares 7
Essa praça é nojenta! Que pena que entra prefeito, sai prefeito e ninguém faz nada para melhorar isso.
Maria Silva, via Facebook
Embriaguez e contrabando
No levantamento de 2018 em nosso Estado feito pela Polícia Rodoviária Federal disseram ser uma porcentagem muito alta o número de motoristas dirigindo embriagados em relação a 2017. Também foram apreendidas toneladas e mais toneladas de produtos contrabandeados. Presidente, governos e justiça teriam como corrigir isso? O que mais se vê por aí são motoristas bêbados causando graves acidentes, vão para a cadeia, pagam fiança e respondem em liberdade. E como se nada tivesse acontecido, em poucos dias estão dirigindo novamente. Do mesmo modo acontece com muitos que desrespeitam as leis, inclusive os contrabandistas. Volto a perguntar: até quando essa desordem prevalecerá? Terá alguém que já viu motorista bêbado perder a CNH definitivamente e ser proibido de dirigir pelo resto da vida? Do mesmo modo as fronteiras do nosso país não dão passagem a quem quiser trazendo o que bem quer? Bolsonaro prometeu jogar duro em cima destes problemas. Sabemos ser difícil pois em nossas leis existem muitos pontos fracos o que facilita ainda mais as ações dos criminosos. Infelizmente.
Manoel Bibiano dos Santos

Participe e comente