Amores ao acaso podem ter finais felizes? Isso é o que o leitor vai descobrir em Simplesmente amor. Na trama, Alicia descobre a sensação do amor verdadeiro em sua viagem de férias na Europa. No entanto, quando chega ao Brasil sofre um grave acidente de carro e perde a memória de muitos meses. Em meio a lembranças distantes e confusas, a advogada tenta retomar sua vida aos poucos, e assim acaba se casando com o ex-namorado Caio.

Mesmo que Alicia sinta certa estranheza em relação a sua vida pós-acidente, ela deixa o acaso conduzi-la. Ao mesmo tempo em que precisa seguir em frente com os traumas de seu acidente e recuperação.

Mas quando o amor é de verdade, mesmo a perda da memória pode apagá-lo? Após algum tempo, o corpo de Alicia começa a mostrar que existem mistérios por trás de sua amnésia, algo tão profundo que nem mesmo a perda de suas lembranças é capaz de apagar.

Indicado na categoria de romance do Prêmio Jabuti 2017, Simplesmente amor escrito pela paulista Helena Andrade é uma obra sensível, envolvente, emocionante e que encanta quem lê. Principalmente os leitores apaixonados por romances e grandes histórias de amor.

A autora Helena Andrade se diz fascinada pelo funcionamento da mente. Foi pensando nas capacidades do cérebro humano, que resolveu escrever a história de Alicia e Miguel.

De forma sutil, a obra também aborda temas relevantes como movimentos sociais, trazendo reflexões sobre esse tipo de acontecimento no Brasil, assim como ditadura, opressão à imprensa e voluntariado. E por meio da trajetória dos personagens, a autora fala sobre adoção, maternidade, superação de obstáculos, amor incondicional, família e perdão.

"Helena Andrade nos brinda com um romance doce e sensível, de tirar o fôlego. Impossível não se apaixonar!" Monique Lavra – Autora de Guardiões

Helena Andrade Apaixonada pela expressão através das palavras e estudiosa das técnicas de escrita, Helena Andrade vê na literatura uma possibilidade de aflorar sonhos. Suas histórias têm o poder de encantar e conquistou os leitores já em seu romance de estreia intitulado Despertar. Envolvida no mundo literário, organizou a antologia Encontros e Desencontros com outras seis autoras, deixando sua marca na obra com o conto Moinho de Vento. Seu último livro Simplesmente Amor foi indicado em 2017 a dois dos principais prêmios de Literatura em Língua Portuguesa: Oceanos e Jabuti e figurou na lista dos mais procurados no Skoob. ///Dino


ESCRITORA. Helena Andrade vê na literatura uma possibilidade de aflorar sonhos. — DIVULGAÇÃO

Participe e comente