"É uma porta aberta para nós artistas", diz o dançarino Marcello da Silva, em relação à Semana de Hip-Hop, entre os dias 20 e 25 de novembro, em Maringá. Conhecido como Marcello Street, ele integra o grupo "Almas de Rua", atração confirmada para apresentar dia 22 de novembro, na Praça da Glória. "Um evento que valoriza a cultura urbana é uma conquista".

Há 22 anos, o grupo com 12 integrantes, entre homens e mulheres, luta por espaço e reconhecimento, buscando manter a alma da rua viva, como sugere o próprio nome da equipe. "A Semana de Hip-Hop é uma vitória, uma chance de mostrar que a cultura não é só diversão, é profissionalização", explica.

Os movimentos únicos e o estilo pessoal de cada dançarino é uma das características do street. "Essa é a diferença, somos originais", enfatiza Marcello, explicando que já se apresentou outras vezes na Semana do Hip-Hop, mas cada show guarda uma particularidade.

Além de dança, a semana também terá grafitagem, música, exposição, workshop e oficina. As apresentações serão em espaços públicos, de modo a buscar interação da comunidade. A semana é organizada pela Prefeitura de Maringá, por meio da Gerência da Juventude e Secretaria de Cultura.

O gerente de Juventude, Adriano Bacura, reforça que este ano participam mais artistas e, desta forma, as atrações são mais diversificadas. "Além de fomentar a cultura em geral, o público leigo poderá participar, conhecer e admirar a cultura urbana e os artistas locais", afirma. Confira a programação no site da prefeitura www2.maringa.pr.gov.br

Participe e comente