O setor de Metais e Siderurgia teve uma economia de R$ 3,9 milhões com o AIP - Programa de Gerenciamento de Ativos da NSK, entre abril de 2013 a abril de 2016 (ano fiscal da NSK Brasil). Baseado em quatro pilares - Mapeamento, Seleção, Treinamento e Inspeção - o programa contempla diversas atividades técnicas com foco em aumentar o desempenho dos rolamentos aplicados que têm como consequência uma maior disponibilidade do equipamento, aumentando a produtividade e a rentabilidade.

Um dos destaques do AIP no segmento de Metais e Siderurgia foi o trabalho de redução dos custos de manutenção na área de Lingotamento Contínuo de uma grande companhia. Nesta situação, a NSK trabalhou juntamente com o BTC - Brazilian Technology Center (Centro Tecnológico Brasileiro) da companhia, localizado em Suzano, Grande São Paulo, para identificar o potencial das peças para repotencialização.

Mais de 3200 rolamentos foram enviados para o BTC e, no total, a NSK conseguiu recuperar cerca de 30% das peças, garantindo 100% de performance. O processo de repotencialização gerou uma redução de custos anual para o cliente de R$ 427 mil.

Por meio da metodologia AIP também foi possível revisar e otimizar um ventilador de exaustão da preparação de areia de outro cliente do segmento. O equipamento apresentava alto aquecimento nos mancais do ventilador, que ocasionavam paradas. Dois anos se passaram após a revisão da NSK e a máquina não apresentou mais problemas. A economia do cliente com o programa foi de R$ 934 mil.

A mesma empresa também solicitou a revisão dos mancais da turbina das máquinas de limpeza, que são responsáveis por remover a areia das peças por meio do jateamento de granalha, que apresentavam falhas constantes. Depois das ações corretivas realizadas pelo AIP, a vida útil do conjunto aumentou para um ano e meio. A economia para o cliente com o custo de manutenção foi de R$ 816 mil.

Outro caso de sucesso foi a redução dos custos de manutenção de R$ 106 mil para uma grande empresa com a inspeção de seus rolamentos instalados na caixa redutora do laminador desbastador. Na inspeção, todos os rolamentos foram aprovados, evitando a substituição das peças.

"É importante ressaltar que todos os resultados dos projetos AIP são validados pelo cliente. Sem a confirmação da redução de custos por parte deles, todo o trabalho seria invalidado", explica Alexandre Froes, diretor das unidades de negócios Aftermarket e Industrial da NSK Brasil.

Um dos maiores produtores de Zinco do Brasil solicitou à NSK um trabalho de inspeção nos mancais de um rolo de apoio de um forno rotativo - principal equipamento da planta, que possui uma massa total da ordem de 1 mil toneladas. A inspeção dos rolamentos foi necessária, uma vez que havia a suspeita de falhas nos rolamentos aplicados. A NSK inspecionou os rolamentos, aprovando-os novamente para entrar em trabalho e esta ação resultou em um ganho acima de R$ 400 mil. Vale ressaltar que este equipamento opera com altas cargas envolvidas e rotação de trabalho extremamente baixa.

Sobre AIP

O AIP - Programa de Gerenciamento de Ativos, criado pela NSK, é uma metodologia de trabalho desenvolvida pelos engenheiros da empresa que visa otimizar a utilização dos rolamentos em máquinas e equipamentos, para que operem no máximo de suas capacidades com o menor desgaste, aumentando a produtividade e reduzindo consideravelmente os custos de operação e manutenção das indústrias.

Baseado em quatro pilares: Mapeamento, Seleção, Treinamento e Inspeção, o AIP é uma solução sob medida da NSK. Por meio do programa é possível, por exemplo, demonstrar o quanto se pode economizar com a utilização do rolamento adequado para cada equipamento, e até mesmo identificar o uso ou montagem incorreta de um rolamento, que pode reduzir a vida útil de uma máquina ou até mesmo levar a fábrica inteira a uma parada.

O trabalho é desenvolvido pela Engenharia de Aplicação da NSK em parceria com a rede de Distribuidores AIP autorizados que, por meio de uma equipe de especialistas capacitados e preparados, aplicam a metodologia e dão todo o suporte necessário às indústrias.

Até o momento, as indústrias de diversos setores, como Alimentos&Bebidas, Automotivo, Celulose&Papel, Cimento, Indústria Geral, Metais&Siderurgia, Mineração, Químico&Petroquímico e Sucroenergético, já conseguiram economizar R$ 35,9 milhões em suas áreas de operação e manutenção e foram desenvolvidos 629 projetos em mais de 250 empresas, desde a criação do programa em 2012.

Fazem parte do Programa AIP os seguintes distribuidores da NSK: Categoria Master: Casa dos Rolamentos, CBF, G.A. Werlang, JR Rolamentos, Jund Rol, Lúcios, Moto Brasil, Nordeste Rolamentos, Primo Rolamentos, Pull Rolamentos, Radial Rolamentos e RPL; Categoria Especialistas: DGB e Portorrol. (Eu não colocaria a categoria dos Distribuidores. Apenas mencionaria que os mesmos são Distribuidores aptos a aplicarem o programa AIP.

Saiba mais sobre o programa AIP acessando- www.nsk.com.br/aip

Sobre a NSK

A NSK é uma das líderes mundiais na fabricação de rolamentos. Presente no Brasil desde a década 70, a fábrica NSK do Brasil produz rolamentos fixos de uma carreira de esferas e rolamentos automotivos. Para atender todas as exigências de qualidade dos mercados industrial e automotivo, a NSK Brasil detém as certificações ISO 9001, ISO/TS 16949 e ISO 14001.

Em julho de 2017 completou 45 anos da fabricação do primeiro rolamento produzido na sua fábrica em Suzano-SP, a primeira a ser construída fora do Japão.

Globalmente, a empresa tem mais 100 anos de existência, 64 fábricas em 12 países, 14 Centros Tecnológicos em 9 países, 120 escritórios de vendas em 30 países, 31,5 mil funcionários em todo mundo e um faturamento global de US$ 8,93 bilhões (dados de 2016). Para mais informações, visite o site da empresa em www.nsk.com.br.

Website: http://www.nsk.com.br


Participe e comente