Principal assessor econômico do presidente americano, Donald Trump, Larry Kudlow foi liberado do hospital, após ter sofrido o que o governo qualificou como um ataque cardíaco "muito leve". A porta-voz da Casa branca, Sarah Sanders, afirmou em comunicado que Kudlow recebeu alta do Centro Médico Militar Nacional Walter Reed mais cedo nesta quarta-feira.

Sanders disse aos médicos que a recuperação "está indo muito bem", que o presidente e sua equipe estão felizes com a volta de Kudlow para casa e "anseiam por voltar a trabalhar com ele em breve".

Kudlow assumiu neste ano como diretor do Conselho Econômico Nacional. Ele estava com Trump no Canadá na semana passada para a reunião de líderes do G-7 e a expectativa é que se recupere totalmente do problema médico. Fonte: Associated Press.

Participe e comente