O maringaense Fernando Alex Fernandes, da Associação de Atletismo de Maringá, foi o atleta brasileiro melhor colocado na 40ª edição da Prova Rústica Tiradentes, neste domingo (27), com o tempo de 30’46”. As quatro primeiras colocações ficaram para atletas africanos.

O primeiro atleta a vencer a tradicional Prova Rústica Tiradentes, bicampeão nas duas primeiras edições, Vicente Pimentel Dias, entregou o troféu de quinto lugar para o atleta maringaense.

“Ter sido o primeiro atleta a vencer a Rústica Tiradentes é motivo de grande orgulho para mim. O atletismo foi algo muito especial em minha vida, afinal por meio dele me formei e me desenvolvi. Entregar essa premiação para um atleta de Maringá me faz lembrar daqueles tempos, há 40 anos”, disse emocionado o ex-atleta e atual coordenador da Associação de Atletismo de Maringá (AAM).

Africanos

Os quatro primeiros colocados foram atletas africanos - três do Quênia e um da Tanzânia. Timothy Kemei conquistou o primeiro lugar, com a marca de 29’11” para o percurso de 10 mil metros. Em segundo lugar ficou o atleta Noah Kipsang Kemei, com o tempo de 30’01”. Eliya Daudi Siname conquistou a terceira posição, com 30’02” e Bereket Woldegebreel Gebresl fez 30’07” e ficou com a quarta colocação.

Na categoria feminina a vencedora foi a queniana Jane Jelagat Seurey, com o tempo de 33’47”. Em segundo lugar ficou Shewaye Wolde Woldemeskel, da Etiópia (34’33”), seguida pela tanzaniana Catherine Lange Yuku (35’39”), Franciele Maria de Oliveira da Silva (36’33”) e Adriana Sutil da Costa (37’05”).


Mais de 4 mil atletas disputaram a prova, que atraiu um grande público para a avenida 15 de Novembro, em frente à Prefeitura, no trecho de largada e chegada da competição. A competição foi acompanhada por um público numeroso e entusiasmado. Também participaram do evento autoridades e representantes de diversos segmentos da sociedade.


Segundo o diretor da prova, Jorge Soriano Inocente, para dar suporte aos atletas, mais de 300 pessoas fizeram parte da organização do evento, entre equipe médica, estagiários, voluntários e servidores municipais. Os atletas foram acompanhados durante todo o percurso por uma ambulância da Unimed, que também esteve no local da prova durante todo o dia para prestar atendimento médico aos competidores.


O secretário de Esportes e Lazer, Afonso Fernandes Martins Neto, destacou a organização da prova. “Mais uma vez a prova foi um grande sucesso, com a participação de atletas de alto nível e ótimas colocações para atletas de Maringá. Agradeço toda a equipe que colaborou para a realização da competição e os parceiros que contribuíram para que o evento se consolidasse.

A Prova Rústica Tiradentes coloca Maringá mais uma vez em destaque nacional. Além da participação dos corredores profissionais ainda se destacam aqueles amadores que disputam para superar os próprios limites”, afirmou.

A Prova Rústica Tiradentes é uma promoção conjunta da Prefeitura do Município de Maringá, através da Secretaria de Esportes e Lazer, do 4º Batalhão de Polícia Militar e da Rede Paranaense de Comunicação, inserido nas comemorações alusivas ao dia de Tiradentes, Joaquim José da Silva Xavier, Patrono dos Policiais Militares do Brasil e Mártir da Independência.


História
A Prova Tiradentes, evento esportivo mais tradicional do município, que movimenta milhares de corredores de Maringá e de todo país, além de competidores internacionais, carrega junto a si diversas curiosidades e histórias após alcançar a 40ª edição em 2014.


Disputada pela primeira vez em 1975, a prova teve ao todo 30 vencedores diferentes na categoria masculina, 24 brasileiros e seis estrangeiros e 27 ganhadores na prova feminina, 23 brasileiras e quatro atletas estrangeiras.


As últimas edições tem sido dominadas por atletas africanos de países como o Quênia e Tanzânia, de grande tradição na modalidade.
A prova teve início com percursos de 4.800 metros, passando para 6.000, chegando a ter na 20ª, 21ª e 22ª edição 12.000 metros de corrida, voltando posteriormente aos atuais 10.000 metros.

No início a largada era na esquina da Avenida Getúlio Vargas com a XV de Novembro. Por volta das 20 horas, no dia 21 de abril do primeiro ano de realização da prova, aproximadamente 100 atletas participaram.

As primeiras provas Tiradentes eram disputadas em 3 voltas, partindo na junção das duas avenidas e indo até o redondo localizado no final da Av. XV de Novembro, sendo contornado todo o balão e retornado ao ponto de partida no percurso de 4.800 metros.

A Prefeitura de Maringá, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesp), assumiu a coordenação do evento em 1990 e sete anos depois a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAT) reconheceu a prova, que se tornou oficial para o órgão que desenvolve a modalidade no Brasil. Assim todo o percurso e as medidas se tornaram oficiais e os tempos passaram a ser válidos para o ranking nacional de corredores de rua.

Apenas na 25ª edição, no ano de 1999, começaram a ser utilizados os chips para a cronometragem dos tempos de cada atleta. E a prova chegou a ser disputada em duas edições (1997 e 1998) na Avenida Tuiuti, com largada e chegada em frente ao atual Hipermercado Big.

Entre os ilustres vencedores, nomes como Vicente Pimentel Dias, Elenilson Silva, os quenianos Titus Kibbi, Stanley Kipchirchir, o tanzaniano Ismael Juma Gallet, além do medalhista olímpico em Atenas 2004, Vanderlei Cordeiro de Lima.

Na prova das mulheres, Marcia Narlock, Maria Zeferina Baldaia, Eunice Kirwa, Paskalia Chepkoirir e Marizete Paula Rezende foram as vencedoras de maior destaque nas 40 edições da Prova Tiradentes.


Vencedores na categoria principal

Masculino
Timothy Kemei
Noah Kipsang Kemei
Eliya Daudi Siname
Bereket Woldegebreel Gebresl
Fernando Alex Fernandes
José do Nascimento Souza
Elessandro Aparecido Oliveira
José Eraldo de Lina
Kelvyn Mendes Martins

Feminino
Jane Jelagat Seurey
Shewaye Wolde Woldemeskel
Catherine Lange Yuku
Franciele Maria de Oliveira da Silva
Adriana Sutil da Costa
Marcela Cristina Gomes Cordeiro
Luzia de Souza Pinto
Gabriela Letícia Rocha
Elenice Pereira de Souza
Susane de Araújo Martins


Prova Menores
Mais de 500 atletas das categorias menores competiram na 40ª Prova Rústica Tiradentes, no sábado (26) à tarde. As disputas das categorias mirim, menores, pré-mirim e sub-11 reuniram atletas e familiares na pista de atletismo da Vila Olímpica. Os três melhores atletas de cada categoria receberam troféus e os demais que completaram a prova ganharam medalhas.


As disputas foram organizadas por categorias e por sexo. Os atletas mirins correram 250 metros, os menores correram 400 metros. Os atletas com melhor tempo nessas disputas foram premiados logo após as corridas. Os pré-mirins correram 150 metros e os da categoria sub-11 correram 60 metros. Os melhores atletas dessas categorias foram classificados e disputaram a prova final, que premiou os três primeiros colocados.


Foram completadas 8 provas que resultaram na premiação de 24 atletas nas 4 categorias, no feminino e no masculino. Muitos atletas estavam acompanhados por familiares, que fazem da prova Rústica Tiradentes um grande espetáculo.


Serviço
A classificação geral da Prova Rústica Tiradentes será disponibilizada para consulta na Internet no site da Prefeitura de Maringá – venus.maringa.pr.gov.br/provatiradentes/

Participe e comente