A pré-temporada está apenas no início para a maioria dos jogadores do Ziober Maringá, que treinam mirando a estreia na Superliga 2014/2015, competição ainda sem data definida pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), mas que deve demorar cerca de dois meses para começar. No entanto, para dois atletas do elenco, a bola já está subindo para valer. É que o ponteiro Renato Russomanno, o Pato, e o levantador Thiago Gelinsk, que vão vestir a camisa da equipe maringaense no restante da temporada, são sargentos do exército e defendem o Brasil no 33º Campeonato Mundial Militar Masculino de Voleibol, que começou ontem e prossegue até a próxima terça-feira no Rio de Janeiro (RJ).

Os jogos estão sendo disputados no Centro de Capacitação Física do Exército (CCFEx), no bairro da Urca, e contam com a presença de cerca de 350 militares.

O Brasil está na Grupo A com Finlândia (contra quem jogou no início da noite de ontem), Holanda (adversária de hoje), China (amanhã) e Catar (sexta-feira). Já a Alemanha é a cabeça de chave do Grupo B com Venezuela, Irã, Coreia do Sul, Índia e Canadá – a edição do Mundial no naipe feminino será de 4 a 9 de agosto.

"Estamos confiantes em conseguir esse título, mas temos que tomar cuidado com algumas equipes. A China veio com o mesmo elenco que fez final com a gente no último jogo do Mundial Militar e é bem organizada. O Irã é um excelente time e está trazendo dois jogadores que estavam disputando a Liga Mundial e que devem estar com ótimo ritmo de jogo. Por fim, o Catar joga com uma equipe que participa do campeonato local e é bem organizada", avalia Pato, que está com dengue e deve ficar de fora das primeiras disputas.

"Temos uma equipe que está junta desde 2011 e creio que esse conhecimento de um com o outro vai fazer com que a gente possa ter uma boa vantagem", completa.

PROJEÇÃO
"Estamos confiantes em conseguir o título, mas temos que tomar cuidado com algumas equipes"
PATO
Ponteiro Ziober e seleção militar

'LA BOMBA' CHEGA HOJE

Mais um reforço já anunciado pela diretoria do Ziober deve ser integrado ao elenco nesta quarta-feira. Trata-se do venezuelano Ivan Marquez, apelidado de La Bomba, que estava no Vikingos de Miranda, equipe de seu país natal.

O time tem 13 atletas confirmados até agora, sendo cinco que defenderam o Moda Maringá na temporada passada e oito caras novas.

Participe e comente