Atrasada em dez dias por causa das incertezas sobre a situação de vários jogadores que sofreram lesões, sendo o principal deles Neymar, a convocação da seleção brasileira para os amistosos contra Rússia e Alemanha, respectivamente nos dias 23 e 27 de março, foi anunciada nesta segunda-feira, na sede da CBF, no Rio, pelo técnico Tite e trouxe como principal novidade entre os 25 nomes a presença do atacante Willian José, da Real Sociedad, da Espanha.

Ele foi um dos cinco jogadores de frente chamados pelo comandante.

Estes serão os dois últimos confrontos agendados pelo Brasil em sua reta final de preparação para a Copa do Mundo de 2018, sendo que o primeiro deles, contra os russos, ocorrerá no Estádio Luzhniki, grande palco da final da competição. Já a partida contra a seleção alemã será no Estádio Olímpico de Berlim.

Os convocados: goleiros - Alisson (Roma), Neto (Valencia) e Ederson (Manchester City); laterais - Fagner (Corinthians), Daniel Alves (Paris Saint-Germain), Filipe Luis (Atlético de Madrid) e Marcelo (Real Madrid); zagueiros - Marquinhos (Paris Saint-Germain), Thiago Silva (Paris Saint-Germain), Miranda (Inter de Milão), Pedro Geromel (Grêmio) e Rodrigo Caio (São Paulo); Meio-campistas - Casemiro (Real Madrid), Fernandinho (Manchester City), Fred (Shakhtar Donetsk), Paulinho (Barcelona), Philippe Coutinho (Barcelona), Renato Augusto (Beijing Guoan), Willian (Chelsea) e Anderson Talisca (Besiktas); atacantes - Douglas Costa (Juventus), Roberto Firmino (Liverpool), Gabriel Jesus (Manchester City), Taison (Shakhtar Donetsk) e Willian José (Real Sociedad).


COMANDANTE. Treinador do selecionado fez penúltima convocação antes da Copa na Rússia. —WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDO

Participe e comente