Incentivar crianças e jovens a participar de grupos de escoteiros é algo que vai muito além da simples diversão e possibilidade de fazer novas amizades. Há uma série de vantagens e benefícios que eles poderão levar para o resto de suas vidas.

O escotismo tem suas origens nos anos de 1907 na Inglaterra, surgindo como um movimento com características educacionais e sem fins lucrativos. A principal finalidade era promover o senso de cidadania e solidariedade. Hoje o escotismo está presente em mais de 200 países seguindo esses mesmos preceitos.

Apenas no Brasil, são mais de 80 mil escoteiros. A título de curiosidade, o movimento apareceu por aqui, por volta de 1924. Além disso, é importante ressaltar que o escotismo não tem nenhuma ligação com grupos e associações religiosas ou políticas.

O escotismo e os desafios para cada fase da vida

Um dos grandes diferenciais do escotismo é a aplicação de ações práticas para cada etapa da vida ajudando no desenvolvimento da criança e do jovem. Veja como isso ocorre:

Lobinho: Nessa categoria entram as crianças com idade entre 6 e 10 anos. Tudo é ensinado por meio de brincadeiras. O objetivo é fazer com que os pequenos desenvolvam ideias e valores sobre trabalho em equipe além de promover a descoberta sobre os interesses pessoais.

Escoteiro: Entre 10 e 15 anos a criança e o pré-adolescente já apresentam certo nível de independência. Nessa fase é hora de ir acampar, montar suas próprias barracas e cuidar da alimentação. Claro que tudo é feito sempre com o acompanhamento de um adulto.

Sênior: Entre os 15 e 17 anos o jovem é incentivado a enfrentar novos e maiores desafios. As atividades propostas nos grupos de escoteiros para essa etapa são mais complexas e os acampamentos ficam um pouco mais "radicais".

Pioneiro: Nessa categoria entram os jovens que estão com idade entre 18 e 21 anos. O escoteiro é incentivado a trabalhar e desenvolver cada vez mais seu papel de cidadão ativo na sociedade. Um exemplo claro dessas ações são as visitas que escoteiros de todos os países realizam a instituições carentes para a realização de diversas ações: consertos de brinquedos, plantios de horas entre outras atividades, visando promover a ajuda ao próximo.

Principais benefícios do escotismo para crianças e adolescentes

É importante destacar que os benefícios do escotismo estão intimamente relacionados com a conquista de conhecimentos envolvendo técnicas de sobrevivência em ambientes pouco amigáveis. Tendo como base esse aprendizado o jovem é incentivado a se desenvolver e a refletir sobre como enfrentar as adversidades da vida. Veja alguns dos principais benefícios do escotismo:
- O escotismo estimula o desenvolvimento de valores morais;
- A criança é incentivada a desenvolver senso de educação, disciplina e respeito;
- O jovem aprende a importância do trabalho em equipe;
- Por meio de brincadeiras a criança desenvolve e constrói seu caráter;
- Amplia o nível de relação entre pais e filhos.

Como se tornar um escoteiro

A melhor forma de se tornar um escoteiro é aproveitar os mais diversos grupos de escotismo no País. No Santa Mônica Clube de Campo você pode visitar o Grupo de Escoteiros Santa Mônica. O GESM oferece estrutura de ponta em local privilegiado e integrado à natureza. Tudo com segurança e respeito aos ideais do escotismo.

Aproveite para conhecer, acesse https://www.santamonica.rec.br/cultural/grupo-escoteiro/

Website: https://www.santamonica.rec.br/cultural/grupo-escoteiro/

Participe e comente