Os Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) receberam, nesta 66º edição, um novo esporte para a competição: o skate. Com a presença de 10 atletas, a Praça Pedro Álvares Cabral, mais conhecida como "Praça de Patinação" em Maringá, foi palco para um grande show de criatividade e adrenalina.

A prova que conheceu os primeiros atletas foi a Bowl, que tem como característica a realização em pistas com formato de piscina. Elas costumam ter três metros de profundidade e paredes finalizadas a 90° com o chão, em sua estrutura, exigindo conhecimento prévio do skatista. E é nessa categoria que as manobras com velocidade levam até a vitória. Por ser uma prática oriunda dos Estados Unidos, muitos locais no Brasil não possuem ambiente adequado, ou seja, as pistas específicas para as preparações.

O clima dentro das pistas foi de muita diversão e leveza, com os atletas superando desafios desde os treinamentos. Como exemplo, a atleta Sathya Gomes, da Faculdade Catedral de Roraima, comenta sobre a medalha de bronze que conquistou. "Foi tudo muito novo, mas muito legal. Nunca participei da modalidade, então, gostei do meu desempenho".

Os universitários de Brasília confirmam que, na cidade, e até mesmo na Universidade, o skate já possuiu muitos amantes. Eles acreditam que, na próxima edição dos JUBs, o número de participantes na modalidade crescerá muito. "Eu nunca imaginei isso tudo e, por isso, estou muito feliz. A medalha de ouro não diz muito para mim porque a maior felicidade é estar andando com os meus amigos e incentivar as outras pessoas a praticarem", reforça o skatista Rodrigo Laroque, da UNB, após levar o primeiro lugar para casa.

Sathya e Rodrigo são alguns dos atletas que fizeram história, se tronando os pioneiros do skate nos JUBs.

Os JUBs 2018 são uma realização da CBDU, em parceria com a Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura Municipal de Maringá e da Federação Paranaense de Desportos Universitários (FPDU). Patrocínio CBDU: Correios. Apoio CBDU: Gympass e SuperBolla. Parceria Institucional: Ministério do Esporte, Comitê Olímpico Brasileiro e Comitê Paralímpico Brasileiro.

Participe e comente