Recuperado de uma lesão muscular que o deixou de fora dos últimos dois jogos do Manchester United, o atacante Romelu Lukaku voltou a treinar na manhã desta sexta-feira e tem grande chance de retornar ao time no clássico contra o Manchester City, neste domingo, às 14h30 (de Brasília), fora de casa, pela 12ª rodada do Campeonato Inglês.

O jogador belga, que foi um dos principais artilheiros da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, não teve a sua escalação garantida pelo técnico José Mourinho na entrevista coletiva que o comandante português concedeu após o confronto. Porém, ele deixou claro que está confiante na presença do atleta nesta partida contra os líderes da tabela.

"Nós temos uma chance, pois ainda é sexta-feira pela manhã, de o Lukaku estar de volta", afirmou o treinador, que vai ainda esperar o treinamento deste sábado para saber se poderá contar, de fato, com o goleador. "Se a resposta for positiva, e nós temos, é claro, mais um treinamento amanhã, ele estará pronto para jogar", avisou.

Autor de quatro gols pelo United nesta temporada na Inglaterra, Lukaku ficou fora da vitória por 2 a 1 sobre a Juventus, em Turim, na última quarta-feira, pela Liga dos Campeões, e também do triunfo pelo mesmo placar sobre o Bournemouth, no final de semana passado, pela rodada anterior do Campeonato Inglês.

Com 20 pontos, o United ocupa a sétima posição da competição nacional, enquanto o City é o líder isolado, com 29. Até por isso, um bom resultado no clássico é considerado fundamental para José Mourinho. "Se nós empatarmos, a diferença seguirá sendo de nove pontos. Já se perdemos, subirá para 12", alertou.

Participe e comente