O técnico Diego Aguirre, do São Paulo, completou 53 anos de idade nesta quinta-feira e falou ao canal oficial do clube sobre o momento da carreira e a expectativa para o clássico contra o Santos, neste domingo, às 16 horas, na Vila Belmiro, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. "Jogo bom. Gosto de jogos assim. É um privilégio para mim estar no São Paulo, enfrentando um time forte, com história, como é o Santos.

Vamos nos preparar para um jogo espetacular e focados 100% no que fazer em campo", afirmou o treinador uruguaio, em entrevista ao canal de TV do São Paulo.

Desde março no clube, com um aproveitamento de 62% dos pontos disputados - com 18 vitórias, nove empates e sete derrotas em 34 jogos -, o comandante se disse feliz na atual fase: "Cinquenta e três anos são muitos, mas a verdade é que me sinto num momento espetacular, estou feliz. Parte da felicidade é porque estou no São Paulo. Estou vivendo momentos incríveis, é um orgulho estar aqui", comentou.

Depois de empatar por 1 a 1 com o Fluminense, no Morumbi, e ser derrotado por 1 a 0 pelo Atlético Mineiro, em Belo Horizonte, o São Paulo encerrou o breve jejum de triunfos na rodada passada do Brasileirão, no último sábado, quando aproveitou o fator campo em seu estádio para superar o Bahia por 1 a 0.

Por causa dos tropeços anteriores, entretanto, o time são-paulino acabou vendo o Internacional assumir a liderança da competição, com 49 pontos. A equipe tricolor tem a mesma pontuação, mas ocupa o segundo lugar pelos critérios de desempate. Um dia depois do clássico na Vila Belmiro, o Inter enfrentará a Chapecoense na segunda-feira, às 20h. 


Participe e comente