A Executiva Nacional do Podemos informou, em nota divulgada nesta quarta-feira (10), que vai se manter neutro no segundo turno da eleição presidencial. Militantes, líderes e representantes estão liberados para apoiar Jair Bolsonaro (PSL) ou Fernando Haddad (PT). No primeiro turno, o Podemos disputou a eleição presidencial com Alvaro Dias, que foi derrotado. A Comissão Executiva Nacional do PPS também decidiu manter a neutralidade no segundo turno da eleição presidencial.

Mais cedo, o Democratas e o PR também liberaram seus integrantes para apoiar um dos dois candidatos.O DEM divulgou nota para informar que seus líderes e militantes estão livres para apresentar sua manifestação de voto no segundo turno. /// AB

Participe e comente