O Detran Paraná vai leiloar 322 veículos destinados à circulação em Maringá, dos quais 300 são motocicletas e 22 são carros. O leilão será amanhã (13), às 9h, no Buffet Paradise, e qualquer pessoa pode participar. O leiloeiro público oficial é Werno Klöckner Júnior.

Os veículos estão distribuídos em 46 cidades da região. Dos 322 itens, 52 são de Maringá, sendo dois carros - um Gol e um Peugeot -, e 50 motocicletas. O leilão será presencial, ou seja, não é possível fazer lances pela internet. Os interessados devem levar documentos pessoais e cheque para pagamento.

O lance mínimo estipulado no leilão varia de R$ 400 a R$ 2,6 mil, dependendo do veículo. Além do valor do arremate, o comprador também paga 5% de comissão para o leiloeiro.

Os veículos foram apreendidos em blitz da Polícia Militar por irregularidades na circulação ou falta de pagamento de impostos. Eles ficaram retidos nos pátios do Detran, e agora serão leiloados.

"O Detran costuma fazer alguns leilões só de sucata, onde apenas empresas de autopeças participam. Nesse caso, são veículos prontos para circulação. Então é aberto para qualquer pessoa interessada. A pessoa arremata, faz o pagamento e recebe o veículo com documentação para circulação", explica Werno Klöckner Júnior.

Após o arremate, o Detran prevê um prazo de 45 dias para liberação do veículo. Em alguns casos, é necessário fazer reparos no veículo. "Os gastos com os reparos serão custeados pelo próprio arrematante. Se o veículo estiver com o pneu careca, por exemplo, não passa na vistoria do Detran, e o comprador precisa fazer o reparo. Resolvendo essas questões, ele já pode transferir o veículo para seu nome", conta o leiloeiro.

Se um morador de Maringá arrematar um veículo que está no Detran de outra cidade, por exemplo, ele também deverá arcar com os custos do transporte da motocicleta/carro.

O Buffet Paradise fica na Avenida Paranavaí, nº 2219, no Parque Industrial Bandeirantes. O edital completo e outras informações a respeito do leilão estão no site: www.kleiloes.com.br.

Participe e comente