Após ser assinado o contrato para restauração da Maria Fumaça do Parque do Ingá, a empresa define cronograma de trabalho para as intervenções que deverão ser finalizadas em até 120 dias. A licitação de R$ 113.700,00 prevê a prospecção das pinturas antigas para localização das cores a serem aplicadas e análise patológica das condições de conservação com mapeamento das anomalias.

O cronograma de trabalho será elaborado em até 15 dias para então serem iniciadas as intervenções. Entre os serviços previstos estão a limpeza completa da locomotiva com produtos desengraxantes; retirada das áreas oxidadas e pintura desagregada, com lixamento e aplicação de produtos removedores; desmontagem das peças entre outros.

O secretário de Cultura, Miguel Fernando, explica que será realizado um trabalho minucioso para localização das cores originais e que a revitalização preservará todos os detalhes. "Não será uma simples reforma, mas uma intervenção criteriosa respeitando a originalidade da Maria Fumaça".

Antes mesmo de ser iniciada a revitalização, a administração municipal investiu mais de R$ 56 mil para reforma da cobertura da locomotiva. A reforma contemplou a substituição da cobertura de madeira por estrutura metálica, restauração de esquadrias, paredes e grades, iluminação, entre outras ações, para intensificar a preservação da locomotiva contra intempéries.

Oficialmente a "locomotiva 608" foi a primeira a puxar um trem que chegou em Maringá, em 1954, sendo doada pelo engenheiro Renato Meister e instalada no Parque do Ingá em 1973. A locomotiva inspirou o slogan "Histórias que constroem" e a identidade visual utilizada em todos os eventos da programação oficial de 70 anos de fundação do município.

Além do importante símbolo histórico da cidade, a Biblioteca Municipal Pioneiro Nilo Gravena, no Alvorada, também será revitalizada. Emenda parlamentar da deputada estadual Maria Victoria garantiu mais de R$ 653 mil, com contrapartida de R$ 34.398,62 do município, para as obras. O convênio é válido por um ano. ///PMM


Participe e comente