O prefeito de Maringá, Ulisses Maia, e representantes do município discutiram com equipe do Hospital do Amor de Barretos e sociedade civil organizada a possibilidade de implantar um módulo especializado em prevenção da saúde da mulher em Maringá, com capacidade de atender a região noroeste do Paraná.

O Hospital do Amor de Barretos, anteriormente conhecido como "Hospital do Câncer", é uma instituição filantrópica com diversos módulos descentralizados com ênfase em prevenção. A proposta da instituição é buscar parcerias para concretizar a unidade em Maringá, o que inclui contrapartida da prefeitura. De acordo com o diretor de operações móveis do Hospital de Amor, Raphael Luiz Haikel, seriam compartilhadas "experiências, equipamentos e estrutura para Maringá, com o objetivo único de promover a saúde da população".

"Maringá tem um capital social extremamente elevado, com a presença de diversas entidades que atuam em benefício da população e isto torna nossa cidade especial", disse Ulisses Maia, que afirmou o apoio do município na vinda da unidade. Maia também destacou as recentes conquistas e avanços do município na área da saúde, com a ampliação da capacidade de atendimento do Hospital Municipal, as filas zeradas nos exames em especialidade, bem como a implantação do Hospital da Mulher e da Criança - ambos com projeto em fase de conclusão.

A possibilidade da parceria também foi aprovada pelo presidente da Câmara dos Vereadores de Maringá, Mário Hossokawa. "Entendemos que a iniciativa trará muitas melhorias para a cidade e apoiamos a decisão do prefeito Ulisses Maia sobre a implantação", afirmou.

De acordo com secretário de Saúde, Jair Biatto, "são ações que darão mais acesso à saúde. A vinda do Hospital de Barretos, com a expertise da equipe, somaria às áreas que já são de alta qualidade, como a saúde da mulher". A Secretaria de Saúde e as outras instituições se reunirão novamente em outubro. ///PMM

Participe e comente