Nesta semana, começou a funcionar a Central Regional de Emergências que integra os atendimentos do Corpo de Bombeiros (CB) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Maringá. Agora, as ligações das linhas 192 e 193 caem no mesmo local, e a triagem será feita de forma conjunta, por profissionais de ambos os órgãos.

Além de unificar o serviço, a central deve reduzir o tempo de encaminhamento de viaturas e, consequentemente, do atendimento às vítimas. A central foi oficialmente inaugurada na última quarta-feira (10).

"Antes, quando existia a necessidade do Corpo de Bombeiros solicitar apoio do Samu, ou vice-versa, a ligação para transmitir a informação entre uma central e a outra, levava muito tempo. Agora, o médico do Samu e o oficial de área do Corpo de Bombeiros estarão na mesma sala, juntos, um ao lado do outro", explica o tenente do Corpo de Bombeiros, Alexandre Ferelli.

Segundo Ferelli, a Central Regional de Emergências - que fica no quartel central do Corpo de Bombeiros de Maringá -, irá acelerar os atendimentos às vítimas. "Se a central recebe uma ligação informando sobre um acidente envolvendo um carro e uma moto, por exemplo. No mesmo momento, o atendente do CB, junto com o do Samu, verificam a disponibilidade de viaturas/ambulâncias e recursos de ambos os órgãos, avaliam a situação das vítimas - pela primeira informação que recebem -, e decidem se é atinente a um órgão ou a outro, etc. Na prática, a central unifica os serviços e reduz o tempo de encaminhamento de viaturas para atendimento pré-hospitalar", acrescenta o tenente do Corpo de Bombeiros.

Na central, também é possível acompanhar a localização das viaturas e ambulâncias e saber qual está mais perto do local onde foi solicitado atendimento.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, Maringá é a primeira cidade do Paraná a ter uma central que integra os serviços do CB e Samu.

Participe e comente