A Prefeitura de Maringá se reuniu com representantes do Hospital do Câncer (HC) e do Hospital Santa Rita, ontem. Os dois são conveniados com o município para prestação de serviços oncológicos para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Dentre os presentes, estavam o diretor geral da Secretaria de Saúde de Maringá, Fábio Margaridi Ferreira; o diretor executivo do Hospital do Câncer (HC), Martin Benitez Ramirez; e o diretor técnico-médico do Hospital Santa Rita, Alvo Orlando Vizzotto Júnior.

Segundo o secretário de Saúde, Jair Biatto, a prefeitura entregou aos representantes dos dois hospitais ofícios solicitando documentações necessárias para avaliação dos serviços prestados. "Eles receberam um ofício solicitando que encaminhem dentro de 30 dias documentos de acordo com as portarias ministeriais para habilitação do serviço de oncologia. Depois que entregarem esses documentos, será feita uma avaliação por parte do município e vistorias in loco dos dois prestadores", diz.

A Prefeitura de Maringá está "investigando" as contas de todas as prestadoras de serviço da área da saúde, entre hospitais e clínicas. Ao todo, 45 empresas terão as ordens de serviço de 2018 auditadas.

Circulou nas redes sociais na última semana, a informação de que o Hospital do Câncer de Maringá iria fechar as portas por conta de uma dívida do município com a unidade. Na última quinta-feira (10), em reunião no gabinete da prefeitura, o diretor executivo da unidade, Martin Benitez Ramirez, deixou claro que eram apenas boatos.

Participe e comente