O semáforo que caiu na noite de ontem (9) no cruzamento da Avenida Paraná e a Rua Néo Alves Martins, no centro de Maringá, já recebe reparos da Secretaria de Mobilidade Urbana de Maringá (Semob). Uma equipe de técnicos está no local nesta manhã. A coluna (poste) deverá ser trocada, mas não o aparelho já que o semáforo continuava funcionando mesmo depois de ter caído.

"Provavelmente foi uma rajada de vento muito forte que derrubou", comenta o diretor de trânsito da Semob, Marcelo Filite, que classificou o caso como "raro". Maringá tem aproximadamente 160 semáforos nos cruzamentos da cidade e não há registro anterior de um equipamento ter sido danificado pela força do vento. Mais comuns são semáforos atingidos por veículos em acidente de trânsito ou por quedas de árvores.

A Estação Climatológica da UEM registrou ventos fortes próximo ao horário que o semáforo caiu ontem. Mas os dados variam de região e período. Foram registrados ventos de 42 km/h, sendo 11,7 metros por segundo, sendo que dentro dos padrões da Organização Mundial de Meteorologia até 10 metros por segundo seriam ventos moderados.

Ou seja, a média registrada ontem tem força para causar danos físicos. Uma viatura da Polícia Militar passou pelo local quando o semáforo já estava no chão. Como não houve feridos, nem veículos atingidos, os policiais foram embora logo em seguida. Um funcionário do posto que fica bem em frente ao cruzamento confirmou que o aparelho caiu sozinho.

 

(Foto: Andye Iore)

Participe e comente