O presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou nesta quarta-feira que sabe a identidade dos dois russos acusados pelo Reino Unido de envenenar um ex-espião na Inglaterra. Putin disse que os dois devem vir a público e contar sua versão sobre o caso. "Claro que checamos quem são essas pessoas", comentou, em resposta a um repórter. "Nós sabemos quem são eles. Nós os encontramos."

O presidente disse que os dois homens são civis, o que contradiz a acusação do governo britânico de que a dupla trabalhasse para a agência militar de inteligência da Rússia. Putin comentou que espera que os dois contatem a mídia do país para contar suas histórias. "Não há nada especial ou criminoso aqui", afirmou ele.

Neste mês, autoridades do Reino Unido disseram que dois agentes da inteligência militar russa, Alexander Petrov e Ruslan Boshirov, viajaram à Inglaterra para assassinar o ex-espião Sergei Skripal e a filha dele na cidade de Salisbury, em abril. Londres disse que foi usado no ataque um agente nervoso mantido por militares, chamado de Novichok. Skripal e sua filha sobreviveram ao ataque, porém outra mulher também exposta ao produto tóxico foi morta.

As autoridades russas têm negado qualquer envolvimento no envenenamento e dito que o Reino Unido não apresenta provas, apesar das imagens de vídeo de Petrov e Boshirov em Salisbury divulgadas por investigadores britânicos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Participe e comente