O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou durante um pronunciamento na Casa Branca que o furacão Florence "é muito maior do que qualquer outro que vimos em décadas". Ele afirmou que todos os membros do governo estão trabalhando juntos para lidar com os efeitos do fenômeno.

A direção do furacão pode ser alterada, mas as projeções mais recentes são de que deva atingir a Carolina do Sul e a do Norte na manhã da quinta-feira.

O Centro Nacional de Furacões divulgou nesta terça-feira, 11, alertas ao longo da costa do Atlântico, em uma área que vai de Edisto Beach, na Carolina do Sul, ao norte, até a divisa entre os Estados da Carolina do Sul e da Virgínia.

Trump também afirmou que o Congresso será "generoso com qualquer recuperação de tempestade", destacando que o governo "não poupa gastos" em um cenário assim e que fará o que precisa ser feito para proteger os cidadãos americanos. A segurança do povo é "minha absoluta prioridade", disse.


Participe e comente