Proposta foi destacada durante evento realizado pela Frente Parlamentar da Educação do Congresso Nacional

A luta pela legislação que cria efetivamente os fundos patrimoniais, para beneficiar as instituições de ensino superior públicas do país, vai ser reforçada pela Frente Parlamentar da Educação do Congresso Nacional, que reúne mais de duzentos deputados e senadores. A garantia partiu do presidente da Frente, deputado Alex Canziani (PTB-PR), que hoje de manhã (16) recebeu o ministro Rossieli Soares Silva, do Ministério da Educação, num encontro promovido pela FPE para parlamentares, técnicos do MEC e dirigentes educacionais do país. O evento ocorreu na Câmara dos Deputados, em Brasília.

A criação de fundos patrimoniais pode ajudar a financiar as atividades de instituições de ensino superior, fortalecendo o ensino e desenvolvendo a pesquisa de excelência. Esses fundos são uma realidade em muitos países desenvolvidos. “Quero destacar a importância de praticarmos a inovação para focarmos aquilo que, para mim, é o mais importante, que é a qualidade da educação”, salientou o paranaense Canziani para o ministro e para a plateia, que contava com mais de 160 pessoas, inclusive com educadores, reitores e secretários estaduais e municipais de educação.

Na abertura do evento, o presidente da FPE cobrou o apoio do ministro neste sentido. Rossieli Silva garantiu o auxílio, disse que está “muito disposto” e aproveitou para pedir apoio parlamentar em projetos educacionais que estão tramitando no Congresso. “Temos uma agenda [com o Congresso] e se eu conseguir avançar nas propostas de consenso, já estarei muito satisfeito”, salientou Silva, que fica no cargo até o final do ano, com o fim do atual governo.

Dentro das propostas de Canziani, uma das ideias do próprio MEC é implantar “fundos de excelência” para promover pesquisas de altíssimo nível dentro das universidades. Rossieli Silva quer o apoio de deputados e senadores: “O Ministério luta por soluções que garantam arrecadações próprias para as universidades”, resume.

COLETÂNEA – No evento promovido pelo Frente Parlamentar da Educação, o ministro e os convidados receberam, das mãos de Canziani e da direção da Frente, a coletânea com as exposições realizadas pelo colegiado em 2017 dentro do ciclo de palestras “Educação em Debate”, que foi promovido em parceria com as Comissão de Educação da Câmara dos Deputados e TV Câmara, com o apoio do sistema Sesc/Senac por meio da Confederação Nacional do Comércio (CNC).

Participaram da mesa diretiva do evento, além de Canziani e de Rossieli Silva, o chefe da Assessoria Legislativa da CNC, Roberto Velloso; vice-presidente da Frente da Educação, deputado Pedro Fernandes (PTB-MA), o presidente da Comissão de Educação da Câmara, deputado Danilo Cabral (PSB-PE); secretária de Educação do Paraná, Lúcia Cortez, e o senador Dalírio Beber (PSDB-SC).

Participe e comente