O ex-governador Beto Richa; sua esposa, Fernanda; e seu irmão, Pepe Richa foram levados para o Complexo Médico Penal de Pinhais, depois da audiência de custódia, no Fórum Criminal de Curitiba. Outras quatro pessoas presas na Operação Radiopatrulha, do Gaeco, também estão no complexo. As prisões temporárias têm validade de cinco dias, mas os advogados dos investigados já ingressaram com pedido de habeas corpus.

Participe e comente