O estudante do Colégio Estadual do Campo Helena Kolody, Douglas Froelich, 18 anos, que mora em Cruz Machado (a 430 quilômetros de distância de Maringá), município com pouco mais de 18 mil habitantes, venceu a edição do ano passado do programa Geração Atitude, e teve um projeto de lei sancionado no Paraná.

A proposta institui o Dia e a Semana de Prevenção e Combate ao Bullying. Sancionada pela governadora Cida Borghetti, foi publicada no Diário Oficial do Estado no dia 27 de setembro.

A lei tem como objetivo alertar a comunidade escolar sobre o tema, promover campanhas de conscientização e informação por meio de ações e programas desenvolvidos pela Secretaria de Estado da Educação.

De acordo com Froelich, o projeto foi inscrito com o intuito de promover uma mudança do ponto de vista dos estudantes em relação ao bullying. As ações que serão implantadas nas escolas são um pedido de reflexão tanto para quem pratica quanto para quem sofre.

“É uma honra ter meu projeto sancionado, ainda mais sabendo que se trata de um tema tão pertinente nos colégios do Paraná”, disse o estudante.

Com a nova lei, ações de combate ao bullying serão realizadas todos os anos na semana de 7 de abril, Dia Nacional de Combate ao Bullying. Palestras, distribuição de materiais de orientação e promoção de diferentes atividades educativas interdisciplinares serão desenvolvidas nas escolas estaduais, com reflexões e diagnósticos de possíveis problemas psicológicos sofridos pelas vítimas, além de aconselhamentos individuais e coletivos.

As atividades serão orientadas pelas equipes multidisciplinares das escolas, Núcleos Regionais da Educação e Secretaria Estadual da Educação. A Lei prevê também realização de convênios e acordos com entidades públicas ou privadas para o desenvolvimento de atividades.

(Foto: Noemi Froes/ Alep)

Participe e comente