O governador eleito Ratinho Junior participou de encontro na terça-feira com a diretoria da APP Sindicato, que representa os professores e funcionários das escolas públicas do Paraná. No encontro, o presidente da entidade, Hermes Leão, desejou "sucesso e um mandato profícuo" ao governador que garantiu a abertura de diálogo permanente.

Leão destacou que os professores têm a consciência de que não há passe de mágica, de que "não é no primeiro dia do novo governo que todas as coisas vão se resolver", mas que espera a busca do entendimento com o novo governador.

Ratinho Júnior garantiu que esta será a sua maneira de governar: "Teremos uma mesa permanente de diálogo e de debate".observou.

Ele reafirmou a sua proposta apresentada durante a campanha de fazer um planejamento com previsão de reajuste salarial para os quatro anos seguidos. "Esse modelo de negociação que vem sendo praticado, com paralisação para rever índices a cada ano é inviável".

Ratinho se comprometeu a fazer um cronograma de trabalho com a equipe de governo e representantes da APP Sindicato para definir as ações e reafirmou a sua preocupação em garantir um ensino de qualidade, valorizando o ambiente de ensino com respeito aos professores e aos alunos.

Transição

Está definida a data para início do processo de transição do governo do Estado do Paraná. Será no dia 19 de novembro, logo após o o feriado da proclamação da República. Cada equipe de transição terá 5 nomes já escolhidos. Será um processo democrático, com estabilidade e pensando no melhor para o Estado e os paranaenses. "Queremos garantir a continuidade de algumas ações importantes, sem comprometer o andamento delas. E queremos uma atenção especial ao projeto de PPPs, que será encaminhado à assembleia, para podermos já no início do mandato iniciar as obras e ações necessárias com as parcerias público privadas", finalizou Ratinho Júnior.

Participe e comente