Uma idosa de 77 anos, moradora de Marechal Cândido Rondon (a cerca de 300 quilômetros de distância de Maringá) procurou a Polícia Civil na tarde de sexta-feira (11) para denunciar ter caído em um golpe, em que perdeu R$ 34 mil.

Segundo o Aquiagora.net, o golpe teria sido aplicado por um suposto "militar americano", com quem a mulher namorava virtualmente desde setembro de 2018. Após compartilhar histórias sobre campo de batalha, guerra e mortes de soldados, o namorado teria começado a pedir dinheiro emprestado.

De prontidão, a idosa utilizou suas economias para ajudar o namorado virtual. Recentemente, o militar informou que seria recompensado pelo governo sírio pelo ótimo serviço prestado em campo - o valor seria de 1,7 milhão de dólares. Assim, ele devolveria não só o dinheiro emprestado, como a compensaria enviando 1 milhão de dólares.

Há poucos dias, a mulher recebeu uma mensagem por celular de uma pessoa que se identificou como funcionária da alfândega, informando que ela teria de depositar uma taxa de 8 mil dólares para liberar o malote, já que se tratava de um valor muito alto a ser retirado.

Na tarde de ontem, a vítima fez o depósito de R$ 8 mil, mas foi comunicada que a taxa cobrada era em dólar e não na moeda brasileira. Assim, precisava efetuar o restante do depósito.

Sem as economias, a idosa se dirigiu a uma empresa de crédito, onde pretendia solicitar um financiamento no valor de R$ 21 mil. A história chamou a atenção do gerente, que a alertou sobre o golpe e a orientou a prestar queixa. A Polícia Civil investiga o caso.

 

(Foto ilustrativa)

Participe e comente