Talvez você já saiba disso, ou ao menos desconfie, mas o consumo de bebida alcoólica pode prejudicar seu desempenho sexual, especialmente se você for homem. Se quiser saber mais sobre o assunto, basta acompanhar esse artigo.

É bem provável que você já conheça essa informação, mas o consumo excessivo de álcool atrapalha muito o desempenho sexual, especialmente se você é homem. Por muito tempo, as bebidas alcoólicas foram usadas como uma espécie de desinibidor, já que elas deixam as pessoas mais à vontade e menos tímidas.

No entanto, quando o consumo dessas substâncias excede o considerado normal, elas podem trazer problemas para o desempenho sexual, como dificuldades de ter ou mesmo manter uma ereção. Por isso, se você é homem, vale a pena acompanhar esse artigo até o final e entender melhor o assunto.

 

Por que a bebida alcoólica pode prejudicar seu desempenho sexual?

As bebidas alcoólicas funcionam como um poderoso depressor do sistema nervoso, reduzindo a energia, força, sensibilidade, capacidade de concentração e até mesmo produção hormonal nos seres humanos.

Nos homens, esses efeitos podem ser devastadores quando o assunto é desempenho sexual porque as bebidas alcoólicas também agem como vasodilatadores, ou seja, elas aumentam a circulação em todo o corpo, o que dificulta a obtenção de uma ereção.

Outro problema causado pelo consumo de bebidas alcoólicas é que elas podem ser responsáveis pelo desenvolvimento de doenças como obesidade, diabetes e doenças cardiovasculares, todos esses problemas afetam diretamente o desempenho sexual. Sem mencionar o fator risco, visto que muitos homens que bebem além da conta e conseguem obter uma ereção, raramente praticam o sexo de maneira segura.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Barong, cerca de 74% dos homens que fazem uso de bebidas alcoólicas e depois tem relações sexuais, não usam camisinha.

Outros fatores que podem atrapalhar o desempenho sexual

Outro problema muito comum que costuma afetar o desempenho sexual é o estresse, segundo uma pesquisa divulgada pela emissora de televisão BBC, cerca de 45% das pessoas alegam ter problemas sexuais devido ao alto índice de estresse diário.

Terapeutas afirmam que o estresse pode sim influenciar no desempenho sexual, uma que vez que ele causa ansiedade e irritação, sentimentos que podem atrapalhar muito uma possível noite de prazer. Se você sofre com altos níveis de estresse e sente que isso tem atrapalhado seu desempenho sexual, vale a pena conhecer algumas dicas para driblar esse problema e ter melhores noites de prazer.

Como lidar com os problemas de desempenho sexual?

O uso do álcool inibe a produção da testosterona, hormônio sexual, e da serotonina, hormônio conhecido como da felicidade. O estresse também interfere na produção desses hormônios. Por isso, uma boa maneira de lidar com essas situações, capazes de interferir no desempenho sexual é contando com medicamentos que modulam essa produção hormonal.

As pílulas com esse efeito, desenvolvidas para o público masculino, agem quase instantaneamente e existem aos montes no mercado. Conhecidas como medicamento para impotência sexual, elas são muito eficientes nos casos de problemas de ereção e podem ser encontradas em diferentes fórmulas, inclusive genéricas.

E não se preocupe, pois, os medicamentos genéricos para esse fim, como o Levitra, por exemplo, possuem a mesma funcionalidade dos demais, uma vez que eles possuem a mesma formulação e dosagem, tendo como diferença dos originais apenas a presença da patente do medicamento.

 

(Fontes: Terra, Super Interessante)

Participe e comente