Pesquisadores da Universidade de Wisconsin – Madison, Estados Unidos, concluíram que há 1,4 bilhão de anos, os dias na Terra tinhas apenas 18 horas. A culpada do aumento dessas horas é a Lua.

Para provar essa hipótese os cientistas conseguiram criar um método de rebobinar o relógio, de forma que ele “voltasse no tempo” e começasse agir como se estivesse a centenas de anos atrás.

De acordo com o estudo o afastamento da Lua de pouco mais de quatro centímetros ao ano provocou a lentidão na rotação do nosso planeta.

"À medida que a lua se afasta, a Terra é como uma patinadora giratória que desacelera ao esticar os braços", explica o professor da UW-M, Stephen Meyers.

Mas, uma peça do quebra-cabeça apresentou falhas. Os pesquisadores passaram a considerar a idade da Lua, que é de quatro bilhões, então ao considerar mais tempo atrás ainda como 1,5 bilhão de anos, a Terra e a Lua estariam tão perto que a gravidade do planeta teria destruído o satélite natural.

Por isso as pesquisas foram retomadas por Mayers e o professor Alberto Malinverno da Columbia University, na Colômbia. Os dois estão estudando amostras de rochas no Norte da China que tem 1,4 bilhão de anos.

 

Fonte: BRG


Participe e comente