O X-Trail que a Nissan mostrará no Salão do Automóvel, em novembro, e venderá no País em 2019 terá motor 2.5 a gasolina, câmbio CVT e preço sugerido em torno dos R$ 150 mil. A terceira geração do modelo foi o destaque da marca no Salão de Buenos Aires, em junho do ano passado, e virá ao País com a mesma configuração da versão que chegará à Argentina em março, o que inclui sete lugares.

O 2.5 de quatro cilindros gera 170 cv a 6.000 rpm e 24 mkgf a 4 000 rpm. O câmbio de relações continuamente variáveis pode simular seis marchas no modo manual. Ainda não há informações sobre o tipo de tração – há opções 4x2 e 4x4.

Estilo

O visual do foi atualizado no ano passado. Os faróis redesenhados, a grade maior e segue o estilo batizado pela Nissan de "V-Motion", presente em carros como o Kicks. Há mais detalhes cromados, luzes de LEDs de uso diurno, nivelamento automático do facho dos faróis, teto solar e retrovisores externos com rebatimento elétrico.

A cabine recebeu acabamento mais refinado. Além disso, os bancos dianteiros têm ajustes elétricos e o de trás (bipartido) pode deslizar para aumentar o espaço para os dois ocupantes da terceira fileira. O carro que será vendido no mercado brasileiro também deverá oferecer sistema semiautônomo de condução.

O novo X-Trail tem 4,6 metros de comprimento, 1,8 metro de largura e 2,7 m de distância entre os eixos. Como comparação, as medidas do Chevrolet Equinox, que tem versões a partir de R$ 137 490 e motor 2.0 turbo de 262 cv, são de, respectivamente, 4,65 metro, 1,84 m e 2,72 metro. O porta-malas do Nissan tem 550 litros - com o sexto e sétimo lugares em uso a capacidade cai para 266 litros.


VISUAL. Carro foi atualizado no ano passado; faróis foram redesenhados e grade ficou maior. — DIVULGAÇÃO

Participe e comente