A Hilux SR Challenge é a nova versão de entrada da picape da Toyota com motor diesel e câmbio automático. Por R$ 161.990, a novidade é R$ 9.270 mais em conta que a SRV, opção seguinte na gama, e tem visual mais descolado, com faixas laterais e rodas de liga de 17 polegadas pintadas de preto.

Em contrapartida, além de ter acabamento mais simples - os bancos são revestidos de tecido e há mais plástico na cabine -, a nova configuração de entrada tem apenas air bags frontais e para os joelhos do motorista. Os laterais e de cortina só estão nas versões mais caras.

A Hilux SR Challenge também não traz itens importantes, como controles de tração e estabilidade e assistentes de partida em rampa e de descidas muito íngremes.

Curiosamente, a versão mantém mimos como ar-condicionado automático, controlador de velocidade de cruzeiro, acendimento automático dos faróis, central multimídia e câmera atrás. Há até TV digital, mas seu uso é complicado e as reações aos comandos, lentas.

Ao volante, o comportamento dessa versão é igual ao das mais caras. Vazia, essa Hilux só não é mais esperta no trânsito por causa do câmbio, que tem marchas muito longas.

As trocas também poderiam ser mais rápidas e nem sempre a opção de mudanças manuais na alavanca ajuda. Por vezes, a transmissão "se recusa" a atender os comandos do motorista e continua subindo ou descendo marchas por conta própria.

Na estrada, a nova opção da picape média é silenciosa e não tem problemas em manter velocidade constante mesmo em aclives severos. Em curvas rápidas, a carroceria balança bastante (o comportamento é típico de picapes), mas não chega a dar sustos no motorista.

SERVIÇO
Prós: MOTOR
Dois-cilindros entrega bom torque em baixas rotações e deixa moto sempre esperta.

Contras: BANCO
Assento poderia ser mais alto e, com espuma de densidade maior, seria mais confortável.


PICAPE. SR Challenge é a nova versão da Toyota Hilux com motor a diesel e câmbio automático

Participe e comente