O Gol foi o destaque do ranking de vendas de novembro. Após boa batalha com Ford Ka e Hyundai HB20, o modelo obteve, pela primeira vez no ano, a vice-liderança de emplacamentos. A briga, no entanto, foi apertada.

O Volkswagen somou 8.836 unidades comercializadas, apenas duas a mais que o terceiro colocado, o Ka.

O HB20, que ocupou a quarta posição, ficou um pouco mais distante, com 8.395 exemplares vendidos. Já a liderança foi mantida pelo Chevrolet Onix, que por apenas 48 unidades não bateu um novo recorde histórico de vendas. O modelo somou 22.277 emplacamentos em novembro, ante as 22.324 registradas em outubro, que foi o seu melhor mês.

O Chevrolet Prisma fechou a lista dos cinco mais emplacados. O sedã compacto somou 7.598 unidades vendidas. A sexta posição ficou com o Renault Kwid, seguido por Fiat Argo e Volkswagen Polo.

O Hyundai Creta foi o nono, enquanto a Fiat Strada completou a lista dos dez mais comercializados em novembro.

Vendas diretas

Embora a chegada do câmbio automático, em meados do ano, tenha impulsionado o bom desempenho do Gol no mercado, em novembro as vendas diretas foram as principais responsáveis por seu volume. Essa modalidade representou, no mês passado, 71,5% de seus emplacamentos.

Além disso, ele foi segundo no ranking de vendas diretas, atrás apenas do Onix. Nessa lista, o Ka foi quarto colocado e o HB20, apenas o 20º (considerando somente carros de passeio).

Alta anual
As vendas em novembro totalizaram 221.317 automóveis e comerciais leves. O número representa alta de 12,2% ante o mesmo mês de 2017.

Porém, na comparação com outubro deste ano, houve queda de 9,57% nas vendas.

Participe e comente