Opções não faltam para viajar, mas é aquela velha coisa: quando tem muito no cardápio, fica até difícil escolher. O mais óbvio para brasileiros é países vizinhos – Argentina e Uruguai – os Estados Unidos para compras ou então países europeus, como Portugal, Espanha e Itália. Mas que tal dar uma inovada e aproveitar o melhor de todos esses lugares em um país diferente?

A Turquia e a Grécia com certeza não são destinos manjados. E juntam o tempo excelente entre a primavera e o começo do outono de Portugal e Espanha, são ótimos lugares para compras e a gastronomia de ambos os países é incrível. Ah, e algo muito importante: hospedagem, passeios e comida são mais baratos que os países da Europa Ocidental.

Gostou da ideia? Então vamos explorar um pouco mais.

Paisagens maravilhosas e cidades cheias de história

A Grécia não é o berço da civilização ocidental à toa. Diversos impérios, nações e sociedades copiaram dos gregos em todos os sentidos possíveis, seja a arquitetura, a filosofia, a forma de fazer política e a lista continua. Ir para Atenas e poder observar tudo isso e ainda ver a Acrópole é uma coisa simplesmente de louco.

Já a Turquia tem cidades cheias de história e é legal pesquisar sobre o Império Bizantino antes de ir para a viagem para pegar todas as referências e ter noção do que ele significou por séculos. A cidade de Istambul é um show à parte, seja na parte europeia ou asiática, separadas pelo Estreito de Bósforo. Mas não é só as capitais não. As ilhas gregas são ideais para quem gosta de praias, o mar maravilhoso e o tempo sem uma nuvem no céu. Já na Turquia, a região da Capadócia é de deixar sem fôlego e os passeios de balão são a atração obrigatória para ver tudo do alto.

Perfeito para os apaixonados por comida

Uma das graças de viajar é testar o garfo e ganhar alguns quilinhos, não é mesmo? Quem for para a Grécia vai poder se empanturrar de comida mediterrânea. Os peixes são a pedida, mas também dá para comer cordeiro.

Ou ainda melhor, ser um pouco mais saudável com as saladas gregas, com azeitonas, alcaparras e o delicioso queijo feta, que parece o queijo branco, mas tem um gosto bem mais forte. Isso e um azeite de oliva é para comer de joelhos.

A comida turca não fica atrás. Nós já conhecemos os kebabs, mas nada como comer os originais, com acompanhamentos feitos na hora – inclusive o cuscuz – e a grelha funcionando a toda. Os iogurtes são usados como condimento leve e ficam deliciosos, especialmente acompanhando a carne.

Para a sobremesa, peça a baklava, com sua massa fina e recheio de pistache. Aliás as frutas secas são uma obrigação até para quem não gosta tanto. É muito mais que uva passa no arroz, pode ter certeza.

Como deixar a viagem ainda melhor

Por serem lugares mais inóspitos, é legal fazer uma preparaçãozinha boa para não ter nenhum desconforto. Cheque bem o local dos hotéis para ficar em regiões centrais. Veja as avaliações dos restaurantes e já tenha uma listinha pronta com preços e os pratos fortes, assim você não tem como errar mesmo.

Caso você queira ir ainda mais preparado, faça algumas aulas de turco ou de grego, para saber pelo menos o básico, como números, o bom dia e boa tarde e como pedir informações. Saber se virar na língua sempre é positivo e pode gerar até uma simpatia melhor, já que você mostra que respeita os locais.

Com um roteirinho pronto, não tem como errar porque Grécia e Turquia têm destinos e atrações para todos os gostos: os apaixonados por história, os bons de prato, quem quer descansar em paisagens paradisíacas e quem quer bater perna pelas cidades.


 

Participe e comente